17 de julho de 2019
Artigos
comente

Perguntas mais frequentes sobre Reiki

1. O que é Reiki?

Reiki é um sistema natural de harmonização energética criado por Mikao Usui, monge budista japonês.

.

2. Então o Reiki está ligado a uma religião?

Não. Apesar de Mikao Usui ter sido um monge budista nos últimos anos de sua vida, o Reiki não tem nenhuma ligação com religião. É uma técnica que favorece a restauração da saúde, a reposição energética e a harmonização interior.

.

3. Quando o Reiki foi criado?

Mikao Usui fundou uma Associação de Reiki, em Tóquio, em março de 1922. A partir desta data passou a difundi-lo no Japão. Começou a ser divulgado  no Ocidente depois da segunda guerra mundial.

.

4. Como funciona?

De modo geral, as aplicações são realizadas através do toque das mãos nas partes afetadas do corpo, podendo incluir leves batidas ou leves massagens. Em alguns casos, são utilizados, também, o sopro e o olhar, pois são esse os três maiores meios de transmissão dessa energia.

.

5. O Reiki serve apenas para cuidar do corpo físico?

Não. O Reiki também atua sobre as emoções e há procedimentos específicos para este fim. Mikao Usui dizia que todos os problemas causados por fatores físicos ou psicológicos podem ser tratados com Reiki.

.

6. O que habilita uma pessoa a poder aplicar Reiki?

Há cursos de formação como ocorre com qualquer outra terapia holística.

.

7. É preciso muito tempo para poder formar-se como reikiano(a)?

Não. A técnica é muito simples. O nível I é ensinado em dois ou três dias e, com esse conhecimento, a pessoa pode sentir-se apta a fazer os primeiros tratamentos.

.

8. Posso ser um terapeuta apenas com este nível?

Sim, qualquer pessoa habilitada no nível I pode atuar como terapeuta. Naturalmente, a prática e a experiência é que irão propiciar uma melhor competência e domínio da técnica.

.

9. Qualquer pessoa poderia fazer este curso ou há exigências para poder habilitar-se?

Não há qualquer exigência para obter o conhecimento sobre esta técnica. Qualquer pessoa, independente de formação, cultura, religião ou idade poderá habilitar-se em Reiki.

.

10.Então não é preciso conhecimentos da área médica para poder realizar o curso?

Não, não há necessidade de outros conhecimentos. Não há pré-requisito para a habilitação em Reiki.

.

11.A pessoa poderá cuidar de si mesma ou apenas aprende a tratar de outras pessoas?

Mikao Usui respondia a essa pergunta, com outra: “se não podemos cuidar de nós mesmos, como poderemos cuidar dos outros?”

.

12.É preciso acreditar no Reiki para que ele faça efeito?

Não, não é preciso acreditar. Basta estar disposto(a) a aplicar ou a receber a energia através do Reiki.

.

13.O Reiki é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS)?

Não, não há nenhum registro nesse sentido. Muitos falam sobre o registro deste reconhecimento na Alma Ata, mas o texto não se refere ao Reiki em nenhum de seus capítulos ou artigos.

O único registro encontrado, até agora, refere-se a um texto publicado em 2001: a OMS fez um estudo sobre o atendimento de saúde no mundo e publicou um relatório: “Legal Status of Traditional Medicine and Complementary / Alternative Medicine: a Worldwide Review”.

Neste relatório, consta a palavra Reiki apenas uma vez, referindo-se a Educação e Treinamento num pequeno país Europeu, pouco conhecido, a Latvia:

“ There are a few special programmes for non-allopathic physicians intended to give them basic medical knowledge. These programmes consist of between one and two years of medical courses at a medical school. Qualification courses in the Reiki method and medical astrology are also offered.”(p.107). Este relatório é apenas descritivo. Não tem qualquer compromisso com o reconhecimento.

.

14.O Reiki é reconhecido pelo Ministério da Saúde?

Como quase todos os procedimentos holísticos (shiatsu, florais, cromoterapia, aromaterapia, geoterapia) o Reiki ainda não é reconhecido pelo Ministério da Saúde, mas já há uma determinação do Ministério do Trabalho que reconhece o Reiki como uma técnica da terapia complementar, sob o número 3221: Técnicos em terapias complementares.

Além disso, pela Comissão Nacional de Classificação (CONCLA), do Ministério de Planejamento. Orçamento e Gestão, o Reiki é descrito na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE)  2.1. Seção Q – Saúde Humana e Serviços Sociais, divisão 86 – Atividades de Atenção à Saúde Humana, subclasses, com o código 8690-9/01. Mas esta classificação apenas lista o Reiki nas terapias complementares, inserido no conjunto de terapias registradas por órgãos do Ministério do Trabalho e do Ministério do Planejamento, sem qualquer propriedade que gere reconhecimento pelo Ministério da Saúde.

.

15.Há pesquisas científicas que estudem os efeitos do Reiki?

Sim, em muitos países o Reiki está sendo introduzido como terapia complementar em hospitais (Alemanha, Espanha, França, Estados Unidos, por exemplo) e pesquisas estão sendo realizadas sobre seus efeitos. No Brasil, encontramos hospitais em alguns Estados que iniciam estes trabalhos.

.

NOTAS BIBLIOGRÁFICAS:

Petter, Frank Arjava. Reiki, o legado do Dr. Mikao Usui. Rio de Janeiro, Ground, 2002

CONCLA: http://www.cnae.ibge.gov.br/

Classificação Brasileira de Ocupações: http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/home.jsf

Shoden – nível I de Jikiden Reiki

Apresentação das origens do Reiki, sua filosofia e princípios e técnicas originais para aplicação terapêutica

Carga horária – três dias (geralmente aproveitando finais de semana estendidos com feriados)

Número de vagas:  mínimo:2: máximo:6

Material didátido – apostila  traduzida para o português, vinda diretamente do Instituto de Jikiden Reiki (Japão)

Certificado – ao realizar o curso, certificado internacional em inglês, emitido pelo Instituto de Jikiden; um mês após, chegam os certificados originais, em japonês, enviados diretamente do Instituto de Jikiden Reiki (Japão)

Programa:

Primeiro Dia:
01.As origens do seminário do Jikiden Reiki
02. Palavras-chave: Shinshin Kaizen Usui Reiki Ryoho / Am Jin Ryuu Mei
03. A história do Jikiden Reiki
04. Os objetivos do Jikiden Reiki
05. Gokai – os cinco princípios
06. O significado dos caracteres japoneses da palavra Reiki
07. Reiju – sintonização
08. Reiki Mawashi – Reiki em círculo: prática grupal para detectar a energia
09. Prática de Reiki

Segundo Dia:
01. Reiju – sintonização
02. Reiki Mawasshi
03. Como usar o Reiki em pequenos ferimentos – Gyoshi Ho e Koki Ho
04. Conceito de Byosen (acúmulo de toxinas) e como aplicar Reiki em uma sessão
05. o primeiro símbolo (shirushi)
06. Ketsueki kokan (kekko) – tecnica de massagem para a circulação sanguinea
07. Prática em grupo do ketsueki kokan – na maca
08. Prática de Reiki – na maca

Terceiro dia:
01. Reiju – sintonização
02. Reiki Okuri – tecnica usada para sentir a energia Reiki fluir
03. Hatsurei  Ho – técnica usada para prática do Reiki em casa, acurando a percepção energética
04. Prática do Reiki – na maca
05. Cerimônia de energização “Reiki Kokan”, seguida da entrega dos certificados provisórios.

Okuden – Nível II de Jikiden Reiki

Apresentação das técnicas originais de tratamento de Reiki à distância, tratamento dos desequilíbrios energéticos ligados às emoções

Carga horária – dois dias (geralmente, sábado e domingo – manhã e tarde)

Número de vagas:  mínimo: 2; máximo: 6

Material didático – apostila traduzida para o português, vinda diretamente do Instituto de Jikiden Reiki (Japão)

Certificado – ao realizar o curso, certificado internacional, em Inglês, emitido pelo Instituto de Jikiden; um mês após, chegam os certificados originais, em japonês, enviados diretamente pelo Instituto de Jikiden Reiki (Japão)

Programa:
Primeiro dia:
01. Reiju (iniciação)
02. Reiki Mawashi – reiki em círculo
03. Reiki Okuri – técnica para sentir a energia Reiki fluir
04. Koukai Denju Setsumei – os pensamentos de Usui Sensei sobre o Reiki
05. Tratamento Seiheki: Reiki usado para cuidar das questões mentais (introdução ao Shirushi do segundo nível e do kotodama)
06. Fundamentos das origens energéticas desse tratamento  (a energia de Sennju Kannon)
07. Prática de Reiki – aplicando e recebendo o tratamento Seiheki em pares.
Segundo dia:
01. Reiju – iniciação
02. Reiki Mawashi
03. Reiki Okuri
04. Enkaku – tratamento à distância
05. Introdução ao Enkaku Jumon: shirushi e mantra
06. Prática do Reiki – aplicando e recebendo Reiki à distância (em pares)
07. Prática de Reiki na maca – revisando a prática do byosen e shirushi do nivel Shoden
08. Revisão de Shoden e Okuden (dúvidas, perguntas, troca de experiências)
09. Reiki kokan – ritual final com entrega de certificados

Reiki, nível I

Apresentação das bases do Reiki, seus princípios e técnicas. Prática terapêutica.

Pré-requisito: não há.

Carga horária: 10 horas (geralmente, em um sábado à tarde e domingo, manhã e início da tarde)

Número de vagas: mínimo:2; máximo: 6

Material didático: uma apostila de 70 páginas, colorida, apresentando teoria e prática das técnicas e conteúdo do nível I (símbolo e sua utilização). Fotos com posições de aplicação e suas funções. Breve estudo dos centros energéticos e seu funcionamento.

Programa:
01.Iniciaçao energética (Reiju)
02. Conceito de Reiki
03. História do Reiki e sua importância para o entendimento da técnica
04. Princípios do Reiki: Gokai (utilidade dos princípios na vida cotidiana)
05. Linhagens do Reiki
06. Símbolo do nível I: função, aplicações na prática terapêutica
07. Breve introdução ao estudo do byosen (como eliminar as toxinas)
08.  Exercícios de prática terapêutica

Reiki | Karuna Reiki® | Técnicas Japonesas de Reiki | Jikiden Reiki | Outras Atividades | Atendimento Terapêutico | Agenda | Blog | Sobre Mim | Contato | Início